9 de mai de 2016

MAIS UMA DO NOSSO SAFADO JUDICIÁRIO.!

Janio: Janot pegou Aecim para prender Lula

E o Moro, que vazou para Globo e ferrou o Lula ... - PHA

publicado 08/05/2016
cunha.jpg
Do artigo "No país dos truques", de Janio de Freitas, na Fel-lha:
(...)
Durante um ano, seis meses e meio, ou os 559 dias constatados por Bernardo Mello Franco desde a primeira citação a Aécio na Lava Jato até ser denunciado, os demais delatados por Alberto Youssef foram objeto de atos do juiz Moro ou de Janot. Aécio, não. Poderia ser por investigações em andamento. Mas a denúncia nada trouxe assim. Por que é feita agora? Por causa de Lula.

A dedução é inevitável. A presença de Aécio neutraliza, ao menos atenua, a reação ao novo e grave fato por parte dos convictos de perseguição organizada a Lula, para impedir sua eventual candidatura em 2018. Aécio ficou guardado por mais de ano e meio, até ser, mais do que uma pessoa e um denunciado, uma utilidade manejável e precisa. Olha, o Aécio também está denunciado.

Alguns dirão: Aécio, aquela azeitona. Ele se deixou assimilar no papel com naturalidade, disponível para a resposta única de que a denúncia não o ameaça. Deve estar certo. O que nem de longe significa que na década passada faltassem improbidades tremendas na estatal Furnas. Em cujo elenco, aliás, o astro já era Eduardo Cunha. E não por coincidência, nos últimos tempos, tal como a denúncia diz daqueles idos, com Aécio a ele associado no mesmo roteiro.

São truques demais, nestes tempos. Sem falar na imprensa, Deus me livre. Lula virou denunciado nas vésperas de uma votação decisiva para o impeachment. Assim como os grampos telefônicos, ilegais, foram divulgados por Moro quando Lula, se ministro, com sua experiência e talento incomum de negociador talvez destorcesse a crise política e desse um arranjo administrativo. Há dois anos vemos as prisões persistentes até a delação, que recursos não faltam a juízes para defender prisões. São muitos truques. E agora Aécio com Lula. E já Dilma: é preciso inviabilizar o retorno.

(...)
Na mesma Fel-lha, o colonista  e historialista Elio Gaspari escreve sobre a suspensão do mandato do Cunha e compara o Ministro Teori ao Indiana Jones. Quem entender o que ele quis dizer ganha de presente um livro do Fernando Henrique.

Qualquer um.

Sobre o notável historialista, ler também "Temer que criar o SNI do Golbery".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Voltar para o topo