12 de out de 2015

DILMA,"VERÁS QUE UM FILHO TEU NÃO FOGE A LUTA"O POVO ESTÁ COM VOCÊ CORAÇÃO VALENTE. !!

Carta de militante do PT a Dilma bomba no Viomundo, vira petição pública para todos que quiserem assinar: “Por um aceno teu”

Dilma_Roussef_grafite
Por Conceição Lemes
Frequentemente, eu e o jornalista Artur Scavone conversamos sobre política. Nas últimas semanas,sobre a crise política e a angústia que anda corroendo todos nós.
Na última sexta-feira 9, ele me enviou um e-mail, cujo texto era uma carta aberta à presidenta Dilma Rousseff, que ele começa carinhosamente com “Querida companheira Dilma”.
— Não é muito piegas? — perguntou-me.
Sinceramente, não achei. Gostei do conteúdo e do tom. Um desabafo franco de um militante de 66 anos de idade e 35 de PT —  ele é um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores.
Na hora, identifiquei na carta os sentimentos que muitos leitores do Viomundo têm manifestado aqui nos seus comentários.
— Vamos publicá-la? — propus. Ele topou.
Postamos na própria sexta. Neste momento, domingo 11, 20h20, já somam no Viomundo 46 mil curtidas no Facebook, quase 425 tuítes e 166 comentários de
Como eu imaginava, a carta de Scavone  teve grande repercussão junto a quem entende ser necessária uma mudança de rumos do governo em defesa dos seus objetivos originais e em defesa da própria Dilma, ameaçada por uma articulação golpista.
A carta atingiu em cheio  coração e mentes dos nossos leitores. Tanto que boa parte dos comentários foi na mesma linha: eu assino embaixo, é o que eu gostaria de ter dito, eu quero assinar, você me representa.
Muita gente quis saber se não havia como subscrever a carta. Chegou-se então à conclusão de que seria interessante colocar na “nuvem” da crise uma posição de apoio e cobrança da presidenta Dilma.
Daí nasceu a petição Por um aceno teu, que está aberta a adesões. Pode assinar, quem quiser.
O texto é o mesmo da carta de Scavone. Apenas o eu deu lugar ao nós.
Para quem quiser assinar, é só clicar aqui.  Como a Petição Pública não exibe os nomes dos signatários, apenas a quantidade, nós publicaremos os nomes. Atualizaremos a lista duas vezes por dia.
*********
Por um aceno teu
Querida companheira Dilma:
Nós imaginamos como anda difícil sua vida aí no Planalto. Mas é possível que você não tenha ideia de como anda a nossa aqui na planície. Não, nós não falamos da carestia, do desemprego. Nós todos sabíamos que, quando o cobertor ficasse curto, a briga pela coberta ia ser feia. E eles, da elite, têm muita mais força que nós, apoiados pela grande mídia. Sabíamos, sim.
Nossa angústia aqui é outra. É ver que você tomou para si a bandeira da luta contra a corrupção e deixou todos eles, da elite, fulos de raiva. Eles não conseguem te associar à corrupção, por mais que façam. E olha que não fazem pouco. A martelação é todo dia, nos rádios, nas TVs, em todo canto. Chega a encher o saco.
Pois é. Mas esse é o problema. Nós estamos sentindo que você está achando que teu principal legado vai ser o combate à corrupção. “Duela a quién duela”. Daí que você não quer nem ver perto de você qualquer um que tenha respingos de Lava Jato. Tem razão, é complicado. Você chegou a se isolar por causa disso. E não fala com ninguém. “Meu governo não impedirá a apuração dos mal-feitos”, você tem repetido. E o teu ministro da Justiça segue nesse rumo.
O problema é que a justiça em nosso país tem olhos, ouvidos e enxerga bem demais por baixo daquele paninho nos olhos. Ela só apura o que interessa para seus patrões. Não, não, não estamos sendo exagerados. Ela só apura se for contra o PT. Com o resto, ela é complacente. Você, obviamente, já reparou isso.
Sabe aquele poema do Brecht, que a gente falava tanto nos nossos tempos de luta contra a ditadura? “Primeiro levaram os negros. Mas não me importei com isso. Eu não era negro…” Lembra? Pois é. A agressão está crescendo cada vez mais, já estão hostilizando nossos companheiros nos bares e restaurantes.
Agora, companheira Dilma, um Presidente da Câmara, que está enrolado até os cabelos com corrupção, está à frente para te pegar por – é incrível – improbidade administrativa! E conta com os votos de ministros do TCU, que também estão enrolados com malfeitos.
Mas você não está. Incrível! E vai ser impedida por causa de quê?
Porque a elite quer, porque eles não aturam mais os investimentos sociais que tiram deles margens de lucro. E já está claro que não adianta ter um Levy para amansar essa gente. Você sabe disso, nós não precisamos dizer. Veja o desespero deles, hipócritas, com a decisão do STF sobre financiamento de campanha.
Mas o que nós queríamos falar, que dói no nosso peito, é que não dá pra ficar calada, aí, no Planalto. Nós não ficamos calados no tempo da ditadura. Você foi à luta. E agora?
Você vai deixar teu ministro da Justiça quieto enquanto eles vão tomando os espaços, um a um, acusando todo mundo de corrupção como se fossem todos eles vestais da honestidade?
Vai deixar que o cobertor descubra os mais humildes?
Nós sabemos a hipocrisia da política. Basta olhar o tratamento dado ao Cunha. Ou ao Nardes. É estarrecedor.
Mas, companheira Dilma, não se deixe abater em pleno voo. Vá às massas. Mostre que teu compromisso é com quem precisa. Na dúvida, opte pelos oprimidos e radicalize a disputa para deixar claro o que está em jogo.
Se for para cair, caia atirando. Mas diga aos quatro ventos a que você veio, pra que tua vida serviu. Vá à batalha defendendo o que acreditas. Essa é nossa angústia. Ver você quieta, sendo torturada no Planalto calada, amortecida, como se aí dentro não batesse mais um coração tão valente. Você não imagina a quantidade de gente que espera por um aceno teu, para ir junto, e te ajudar a enfrentar o inferno atual.
São Paulo, 11 de outubro de 2015
Assinam
1 Artur Scavone Jornalista São Paulo SP
2 Pedro Estevam Serrano Advogado e Professor da PUC/SP
3 Fábio Llimona Advogado São Paulo SP
4 Paula Carvalho
5 Jose Antonio Costa Fernandes
6 Ricardo Kobayaski Professor São Paulo SP
7 Sônia Irene Silva do Carmo Professora universitária aposentada Itatiba
8 Roseanne Britto
9 Lincoln Secco professor São Paulo SP
10 Renato Afonso Gonçalves Advogado São Paulo SP
11 ANDRE MEDINA CARONE Professor São Paulo – SP
12 Nadja Lima Menezes Advogada São Paulo SP
13 Carlos Gilberto Pereira São Paulo
14 Graca De Mello Advogada São Paulo SP
15 Adriano Diogo Geologo São Paulo SP
16 Silvia Losacco psicóloga São Pauço/São Paulo
17 Sheyla Gomes de Almeida Assistente Social Brasilia DF
18 Pedro Dimitrov Médico Sanitarista São Paulo, SP
19 Stella Bruna Santo advogada
20 José Paulo Vieira Administrador São Paulo – SP
21 Abdael Ambruster Funcionário Público São Paulo
22 Maria Aparecida Costa Assistente Social São Paulo0
23 Cadu Marra
24 Ana Luiza de Palma Arquiteta São Paulo SP
25 Rodrigo Moura
26 sonia maria dugaich aposentada, judiciario sao paulo
27 Darci Scavone são paulo
28 Marilene Maria Da Siva
29 Antonio de Padua Prado Jr. radialista São Paulo/SP
30 Milton Rodrigues Leite Jornalista São Paulo/SP
31 Nathalia Kelly Moreira Lobo Braga atriz/professora Conselheiro Lafaiete – Minas Gerais
32 Ricardo Tadeu Sá Teles Servidor Público São Paulo SP
33 Zuleica Porto Estudante Brasília, DF
34 Aluiz Costa
35 Andreia Cristina Aravequia Dutra Professora São Paulo
36 Candido Desouza
37 Érika Ana Advogada Diadema
38 Elaine Gartz Vasconcellos
39 Mírian Cintra
40 Adolfo Gabaldo Garroux
41 Adriana Simone Zamprone Professora Jaguariuna/ SP
42 Ana Arthur S. Paulo – SP
43 Andreia EMarcos
44 Sandro Taborda de Almeida
45 Marilda Martins Psicóloga São Paulo
46 Lenimar Alcântara Caldas Aposentada Brasília DF
47 Vera Pereira socióloga Rio de Janeiro, RJ
48 Diva Nunes aposentada São Paulo /  SP
49 Glaura Daoud
50 Laurice Kanaan advogada Sao Paulo /SP
51 Sergio Hermsdorff
52 Elizabeth Fatima Mateus Aposentada  Belo Horizonte-MG
53 Jacqueline Sant anna São Paulo
54 Saulo dos Santos da Silva
Guarulhos
55 Marlécio M. da S. Cunha
56 Alceni Moretti Basso
57 Laura Peixoto
58 Rosa Angela de Sousa São Paulo – SP
59 Ana Carolina Momesso Bibliotecaria São Paulo/SP
60 Márcio de Souza Alves Técnico de Segurança do Trabalho Santo André SP
61 Fernando Sato Artista plástico São Paulo -SP
62  Luís  José  Bassoli a Taquaritinga SP
63 Luiz Gonzaga Bussola Economista Matao Sp
64 Ademir de Souza Gerente de Relacoes institucionais Mata o SP
65 Sônia Francisco aposentada Florianópolis
66 Sirlene Pimenta Sampaio Aposentada Fortaleza -Ce
67 vera soares professora são paulo
68 Leida Pereira Duarte Militar Manaus/Amazonas
69 Gerson Salvador de Oliveira
70 NEY FRANCISCO DO VALE ENGENHEIRO BELO HORIZONTE MG
71 ieda e. de abreu jornalista são paulo
72 Sonia regina Minici Mirio
São Paulo
73 Mauricio Almeida
74 joel dias barcellos
centro
75 Silvia Beatriz Rizzieiri De Luca Socióloga Florianópolis Santa Catarina
76 Ana Chieffi Economista Sao Paulo
77 Guilherme Agra Straher Niterói/RJ
78 M.Cecilia Figueira de Mello Pedagoga Sào Paulo/SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Voltar para o topo