2 de dez de 2015

TACA-LHE PAU!, LULA!!!!!!

Villa, o arrogante, vira réu por crimes contra Lula

villa
Nota do Instituto Lula, divulgada agora de manhã:
“O juiz André Carvalho e Silva de Almeida recebeu a queixa-crime proposta por Luiz Inácio Lula da Silva contra o historiador Marco Antônio Villa, que passou a ser réu na ação. Vila é acusado de cometer os crimes de calúnia, injúria e difamação, após ter feito afirmações mentirosas com o objetivo de atingir a honra do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva na TV Cultura. A decisão, de 25 de novembro, é do juiz André Carvalho e Silva de Almeida, da 30ª vara criminal da Justiça de São Paulo, que recebeu, em setembro deste ano, queixa-crime dos advogados de Lula referente a comentário feito em 20 de julho.
Em 19 de novembro, Lula e Villa compareceram a audiência de conciliação, mas nem o ex-presidente retirou a ação, nem o comentarista da rádio Jovem Pan e da TV Cultura se retratou de suas declarações.
No referido comentário, Villa disse que o ex-presidente “mente, mente”, que é “culpado de tráfico de influência internacional”, além de “réu oculto do mensalão”, “chefe do petrolão”, “chefe da quadrilha” e teria organizado “todos os esquemas de corrupção”. Na ocasião, o historiador fez questão de ressaltar que “quem está dizendo sou eu, Marco Antonio Villa”, embora não tenha apresentado sequer uma evidência das graves acusações que fez.
A arrogância de Villa, como se vê, o faz confiar nas suas “costas quentes” de comentarista da Veja e da Jovem Pan.
Quem sabe, condenado, vá se apresentar como vítima da “ditadura bolivariana”.
Afinal, “quem está dizendo sou eu, Marco Antonio Villa” deveria ser prova suficiente da verdade.
Da qual ele é dono, não está claro?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Voltar para o topo