8 de fev de 2016

MOSTRA ISSO GLOBO,MOSTRA.


Como a TV Globo é uma espécie de mosquito do zika vírus para espalhar crise econômica na cabeça do brasileiro, provavelmente você não verá essa notícia no Jornal Nacional, ou se ver será sem destaque.

A lotação dos hotéis no carnaval está maior neste ano do que no ano passado. Isso é crescimento da atividade econômica no setor.

Em Salvador (BA), os últimos números apurados já davam 95% de ocupação (maior do que no ano passado), e a rede hoteleira esperava chegar a quase 100%.

Em Fortaleza (CE) os números divulgados antes do início do carnaval também teve um aumento de 5,1% na ocupação em relação ao ano passado. Às vésperas do carnaval a ocupação atingia 88,9%. Com os turistas de última hora, o número deve ter aumentado. No interior do Ceará a ocupação era maior ainda. Canoa Quebrada estava com 94,8% de ocupação, seguida por Jericoacoara (93,6%), Porto das Dunas/Prainha (93%), Guaramiranga (88%), Cumbuco (86%) e Praia das Fontes/Morro Branco (82,9%).

No Rio de Janeiro, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis-RJ, na semana passada a média de ocupação na capital também teve um crescimento em relação ao ano passado, atingindo 82,20%. No interior o crescimento foi 3,35% com ocupação de 95%.



Hospedagens alternativas tem um crescimento maior ainda. A plataforma Airbnb, uma espécie de "uber" de imóveis, onde proprietários particulares oferecem quartos ou casas para hospedagem, registrou crescimento expressivo. Os destinos com maior crescimento foram Cabo Frio/RJ (122%) e Florianópolis (72%).

A quantidade de turistas que desembarcaram no Rio em navios de cruzeiro é 85% maior do que no carnaval 2015.

Os aeroportos do país também estão cheios. A expectativa é 7,3 milhões de passageiros passando pelo 15 principais aeroportos do País no período de carnaval. Estão programadas 16.200 partidas no período, 3% a mais que as 15.770 decolagens do Carnaval 2015.

A alta do dólar facilita o crescimento do turismo internacional ao Brasil. E o turista brasileiro também viaja mais pelo Brasil quando as viagens ao estrangeiro tornam-se mais caras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Voltar para o topo