8 de fev de 2016

VERGONHA NACIONAL:RACISTAS NOJENTOS.


Racismo brasil preconceito redes sociais jovens
Volta e meia surge um caso de racismo que choca todo o país e ganha repercussão nacional. Recentemente, a jornalista Maria Júlia Coutinho, por exemplo, foi vítima de ataques racistas no Facebook. O caso foi debatido ao vivo durante o Jornal Nacional.
No entanto, por mais que algumas pessoas insistam em dizer que não existe racismo no Brasil, basta dar uma pesquisada nem tão criteriosa assim em algumas redes sociais para perceber que a discriminação por cor está presente como nunca na internet.
Naris de preto eh uma desgraça de grande mas esse carlinhos brown nossa senhora parece um arpirador de pó
— caramujo sonolento (@l4trell) December 12, 2014
E pior: quem mais alardeia comentários racistas são jovens que, em tese, deveriam ter a mente mais aberta para os assuntos em geral.
Nem se Carlinhos brown fosse branco ele ia deixar de ser preto
— nenezete (@crvgui) October 10, 2014
Nem se Carlinhos brown fosse branco ele ia deixar de ser preto
— nenezete (@crvgui) October 10, 2014
No site da Polícia Federal foi criada uma página para denunciar Crimes Contra os Direitos Humanos na Internet. O internauta deve clicar no item ‘Crimes de Ódio’ que definem a prática a qualquer tipo de preconceito, seja de cor ou religião. O site ainda instrui que caso o crime não tenha sido cometido na internet, o serviço Disque 100 deve ser utilizado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Voltar para o topo